POR QUE AS MULHERES EXIGEM TANTO?

0
779

Homens e mulheres podem muito demandantes, mas são principalmente os homens que se queixam das mulheres neste aspecto. “Elas exigem demais”, eles costumam reclamar.

Na maioria dos casos onde uma das pessoas é rotulada como “excessivamente demandante”, o que ocorre é uma falta de sintonia entre as expectativas que pode – algumas vezes – ser resolvida com um pouco de diálogo. Nos casos mais ferrados, onde a mulher tem realmente problemas de demanda excessiva, a abordagem deve ser diferente. Falaremos disso mais a frente. Vamos examinar primeiro as raízes que levam a mulher a pedir tanto.

A PSICOLOGIA FEMININA

Antes de mais nada: nem a mulher, tampouco o homem, deviam exigir coisa alguma de uma relação. Um relacionamento é uma oportunidade de aprimoramento pessoal para ambos, e não um parque de diversões onde uma pessoa se diverte e recebe presentes enquanto a outra paga a conta sob pressão e desconforto.

Vamos encarar os fatos: é uma puta duma merda quando sua mulher começa a torrar sua paciência com chantagens emocionais e caras emburradas. Ainda assim, é nesta pequena esquina da psicologia feminina o lugar onde nós, homens, podemos encontrar o melhor de nós. TODA encheção de saco dela é um teste para sua masculinidade.

Sim, sua mulher irá testar você. Ela irá sondar se você é forte e firme o suficiente. E fará isso na ânsia de amenizar as inseguranças dela mesma. É como se ela tivesse dentro de si um buraco negro que só pode ser preenchido pela presença do homem – e não estamos falando daquele buraco negro que lhe interessa, brother, mas de um vórtice emocional negativo cujo objetivo é sugar sua alma e retirar do seu corpo todo e qualquer vestígio de sua personalidade masculina.

Este é o aspecto mais danoso da insegurança feminina, especialmente quando você não passa nos Testes. Uma mulher com baixa autoestima estará sempre procurando pela próxima coisa que a fará sentir-se bem sobre si mesma. Talvez um presente, uma geladeira nova, um sofá, uma viagem, uma joia, ou até mesmo a atenção de outro homem.

Não é difícil perceber quando ela lhe coloca à prova. A sensação que você sente é sempre a mesma: uma mistura de pena, raiva e frustração em relação a ela. Você se sente sendo consumido e esmagado por uma contradição sem sentido. A única maneira de você passar nestes testes, amigo, é gentilmente – e inexoravelmente – recusar deixar-se consumir por eles.

A maioria das mulheres realmente demandantes tem um sério problema de autoestima que se manifesta na forma de insegurança, ciúme e dificuldade em passar muito tempo por conta própria. Ela elabora uma série de expectativas sobre como espera que seu homem aja com ela. Gradualmente, ela vai se tornando controladora e inflexível, especialmente se o sujeito tende a ter uma atitude passiva e cede às suas demandas.

Outras podem encher o saco com exigências estapafúrdias porque isso lhes dá um senso de autoconfiança em situações onde percebem que podem estar perdendo o controle sobre seu homem e o relacionamento.

Independente da causa, a única maneira de sua mulher parar de ficar lhe testando é por meio do crescimento pessoal dela. E quanto a isso há muito pouco ou quase nada que você possa fazer.

O QUE FAZER?

O que cara deve fazer quando sua mulher começa a se comportar como um pentelho encravado, pedindo e pedindo e exigindo cada vez mais coisas? Acredito que os exemplos a seguir lhe darão uma ideia de como agir:

  1. ELA EXIGE QUE VOCÊ PASSE MAIS TEMPO COM ELA.

Esta demanda é um teste bem comum quando o sujeito tem a capacidade de manter-se focado e mergulhar de cabeça em seu trabalho, em alguma atividade esportiva ou hobby nas horas vagas. Ela se sente negligenciada, desconfiada, solitária ou insegura, e coloca todo o foco em seu próprio umbigo. Em momento algum ela considera as vontades ou preferências do seu homem porque ela não se sente valorizada o suficiente por ele.

Além do fato de que não ser nem um pouco saudável para o desenvolvimento de qualquer pessoa passar todo seu tempo livre com outra pessoa, proceder dessa maneira torna o relacionamento absurdamente tenso.

Por outro lado, o homem jamais deve ignorar as demandas de sua fêmea, e tampouco deve concordar mansamente com elas. Ele deve manifestar-se de forma ativa e discutir o que pode ser feito para que AMBOS obtenham o que querem: para que ela tenha seu tempo com ele, e que ele tenha seu tempo consigo mesmo.

  1. ELA PEDE QUE VOCÊ MUDE SEUS HÁBITOS.

Este é um dos erros mais comuns que as mulheres cometem quando começam um relacionamento. Elas acreditam que podem mudar o cara, agora que ele se tornou “um item dela”. Mas ninguém pode mudar outra pessoa: mudamos apenas quando sentimentos necessidade de mudar. A mudança verdadeira é um processo interno. Quando resulta de pressões externas, o que temos não é “mudança”, mas “adaptação”.

Se ela exige que você mude alguns hábitos, você tem duas opções: pedir que ela também mude algo que lhe favorece OU dizer que ela se sentiu atraída por você do jeito que você era e que, se você mudar, pode transformar-se em alguém diferente – e esse alguém diferente pode preferir outra mulher, ao invés dela!

A primeira opção mostra à mulher que uma mudança não sai de graça. A segunda opção recorda a ela que não existe uma pessoa perfeita e que ela corre um sério risco de perder seu homem caso o transforme demais em outra pessoa.

Frequentemente, quando você pede a alguém que mude alguma coisa fundamental, você age assim porque se sente infeliz com algo em si mesmo e acredita, de modo equivocado, que mudar outrem lhe fará sentir melhor. Colocar nos outros a culpa do que não está funcionando dentro de você raramente funciona.

Por exemplo: ela começou a sair com você SABENDO que você fumava e, tão logo o relacionamento engata numa pegada mais séria, ela pede que você pare de fumar. Isso demonstra uma completa falta de respeito com sua autonomia, com o que você quer fazer.

Qualquer que seja a demanda de mudança, ela lhe ameaça dizendo: “Se você me ama, fará isso por mim”. Isso é amor sob termos, é condicionamento. Ela está dizendo: ”Se você for um bom cachorrinho e fizer o que eu mando, então você será merecedor do meu amor!”. O amor condicionado nunca funciona no longo prazo porque ele pouco a pouco se torna manipulador. As pessoas se tornam as melhores parceiras do mundo quando têm liberdade para serem elas mesmas ao invés de caricaturas das imagens perfeitas que os outros querem delas.

  1. ELA EMBURRA E FICA TODA EMOTIVA QUANDO AS COISAS NÃO SAEM DO JEITO DELA.

A mulher que emburra e fica emotiva está dizendo “Não estou sendo ouvida!”. Ela acredita que a exteriorização constante dessa realidade interna é a única maneira de conseguir sua atenção. Muitos homens também podem ser controladores e egoístas, fazendo tudo do seu jeito sem nunca levar em conta as necessidades e vontades de sua fêmea.

Os relacionamentos onde as pessoas têm cara de sofrimento ou emburram por qualquer coisa são vínculos infelizes onde a comunicação é falha ou mesmo nula.  A única coisa que pode ser feita, caso você queira que o relacionamento sobreviva, é conversar mais e REALMENTE ouvir um ao outro. Não é falar com ela, brother, mas falar PARA ela. E demonstrar reciprocidade nessa troca de ouvidos, sem julgamentos, mantendo-se aberto para o que o outro está contando. Se esta dinâmica de diálogo for concretizada com maturidade, a interação do casal e seus sentimentos um para com o outro serão bem mais profundos e positivos.

Para evitar emburramentos e caras azedas, faça sua fêmea sentir-se valorizada acima de tudo, o tempo todo. Esta é a melhor maneira de evitar as explosões emotivas dela.

OS SINAIS DE ALARME QUE AVISAM: “PULE FORA!”

Beleza. Você achou que ela valia a pena e persistiu. Assumiu o controle de si mesmo, demonstrou atitude, firmeza, cedeu algum terreno negociando termos em nome do afeto, mas não mudou sua personalidade ou hábitos a ponto de não reconhecer-se no espelho. Você tem uma percepção legítima de que está se esforçando. Pergunto: até que ponto deve persistir neste empenho?

Existem 3 pontos básicos que devem soar como alarmes em sua cabeça, dizendo “Pare de ser um idiota e pule fora dessa roubada”. Sua mulher demandante é uma perda de tempo caso:

  1. Você perceba uma falta de confiança. Ela vigia você o tempo inteiro, demonstrando um excesso de ciúme ou insegurança. Você jamais será capaz de suprir todas as demandas dela e terminará se tornando um escravo sem personalidade em pouco tempo.
  1. Você percebe uma falta de respeito. Ela demonstra preocupar-se somente e unicamente com as necessidades e vontades dela mesma, sem muita sensibilidade quanto ao que você quer. O foco é a satisfação de todos os anseios dela, e você raramente entra na equação. Um relacionamento assim irá caminhar para uma atmosfera intolerável de controle onde sua voz perderá qualquer valor.
  1. Você percebe um desconforto persistente. A despeito do seu empenho e das conversas, as demandas continuam e você tem sempre aquela sensação de que algo está errado. Um sentimento de estar continuamente sob pressão para agir certo, mas sem a certeza do que deveria ser feito para que tudo corra em paz e harmonia. Um relacionamento assim irá consumir a luz, a alegria e magia dos seus dias, e, do esplendor de sua vida, logo sobrará apenas uma sombra emburrada arrastando-se pelos cantos da casa.

Um Homem deve saber quanto dizer “Basta!”. Se o seu relacionamento é escasso em benefícios emocionais, mas possui um alto custo físico/sentimental, você DEVE ter a coragem de ficar de pé e dizer “Basta!”.

A química de um relacionamento consiste da combinação de quatro atributos elementares entre o casal: atração, conforto, valor e excitação. Quando estes atributos se perdem, nada pode fazê-los voltar. NESSA hora, é a hora de dizer “Basta!” e retomar as rédeas de sua vida – até porque, o final de uma coisa é sempre o começo de alguma outra coisa. Siga rumo ao melhor.

Deixe uma resposta